SHH NÃO FALE NADA

Se embrulhe mais nos cobertores.

Isso, assim. 

Agora, feche os olhos. 

Tá ouvindo? 

Consegue ouvir os pingos de chuva que caem do céu com força, baterem na telha? 

Consegue ouvi-los escorrendo com pressa desaguando em uma linha fina no cimento do jardim? 

Consegue ouvir os carros passando pela rua? 

Consegue ouvir as rodas que giram rapidamente passarem sem dó nas poças de água fazendo um perfeito splash que soa mais como tinta jogada na tela branca? 

Aposto que se a gente abrisse uma fresta da janela conseguiríamos sentir o cheiro da chuva como um perfume de uma boutique cara. 

Nos sentiríamos em um começo de filme de Woody Allen, cortando cenas de foco nos pingos transparentes escorrendo pelas folhas.

Não dá para ver, mas os passarinhos estão escondidos em seus ninhos. Estão abraçando um aos outros se protegendo das rajadas de vento, esperando que a briga que se estende no céu, não os faça de refém, nem leve seu ninho construído no carinho. 

O céu parece não se importar não é mesmo? Continua a chorar. 

As trovoadas parecem nos alertar que ficar aqui, talvez seja a melhor opção. 

Já os raios, nos avisam que essa briga, é de gigantes. 

Em algum lugar, uma rua está alagada, um ratinho toma banho, uma árvore ameaça a cair a qualquer momento, um cachorro rebelde brinca na sinfonia que muitos temem. 

Mas a gente, meu amor, continua aqui. Nos protegendo entre cobertores, ficamos na cama seca, ouvindo o mundo se acabar pela janela, com aquela preguiça de levantar. 

A gente pode se lamentar em como o dia acordou feio, “não vai dar para sair” ou, podemos fingir que a cama quer o nosso calor por perto. 

Podemos continuar deitados filosofando com a inocente curiosidade, quem ganha hoje? O céu furioso, ou a grama que agradece cada gota de água sabendo que agora, vai poder crescer? 

Enquanto fazemos nossas apostas, podemos guerrear a favor do amor, bem aqui nesses lençóis, ouvindo os pingos de chuva baterem no telhado tentando entrar só para poder amar na mesmo intensidade que nós.

Com todo o meu amor, 

como sempre, 

S. Ganeff

6 comentários em “SHH NÃO FALE NADA

  1. Sofia, você escreve com a alma e quando isso acontece, aflora toda a sensibilidade do escritor e toca o coração de quem lê. Parabéns!!! Continue escrevendo e aproveite esse talento!! Bjs

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: