ANUNCIO MEU AMOR À LEILÃO

Anúncio, com todas as palavras, segurando um cartaz grande, entregando panfletos no farol e de megafone na rua que: o meu amor está aberto à leilão. Por desejo de encontrar algo verdadeiro e não correr o risco de perder alguns pretendentes, não vou colocar minha foto. Deixo disponível apenas o preço inicial junto com algumasContinuar lendo “ANUNCIO MEU AMOR À LEILÃO”

EU ADMITO

A verdade? A verdade é que eu admito sim.  Admito que procurei tudo sobre você, vi todas as suas fotos do Instagram e decorei as legendas.  Vi todos os seus amigos no Facebook e vi detalhadamente o perfil de cada um deles.  Coloquei seu nome no Google tantas vezes que quando digito a primeira letra, você jáContinuar lendo “EU ADMITO”

OH DOCE AVENTURA,POR FAVOR NUNCA VÁ EMBORA

Não faça de mim mais uma alma abandonada, presa às armadilhas do tempo, vítima do acaso. Mais um corpo com as garras feitas na manicure, sem desejo algum, força nenhuma, promessa alguma. Oh Doce Aventura, me prometa que sempre plantará sementes em mim e regue minha mente de ideais malucas demais para quem não senteContinuar lendo “OH DOCE AVENTURA,POR FAVOR NUNCA VÁ EMBORA”

E EU QUE NEM FUMO, TE TRAGO NO PEITO

Nunca vi alguém tão louco por tabaco quanto você, que ama com uma ferocidade cada bituca me faz até sentir ciumes do seu maço de cigarro 100 que você leva para todo lado no bolso. Queria que, no momento que me colocasse na sua boca e me apertasse com força contra os seus lábios, puxasseContinuar lendo “E EU QUE NEM FUMO, TE TRAGO NO PEITO”

ELE CHEIRA COMO LÁ FORA DEPOIS DA CHUVA

Ele cheira como lá fora depois da chuva, quando as gotas fortes já foram embora e só sobrou uma garoa tão tímida, que nem deveria ser chamada de garoa.  O asfalto ainda está molhado, algumas poças presentes aqui e ali e a água escorre rapidamente alternado seus beijos na lateral da calçada e no fimContinuar lendo “ELE CHEIRA COMO LÁ FORA DEPOIS DA CHUVA”

VOCÊ É O TIPO DE PESSOA QUE A GENTE LÊ

Você me lembra um típico personagem principal de livros. Aquele que todos os outros personagens acham estranho ou ordinário demais, mas para o leitor, e apenas para o leitor, é intrigante de uma maneira simples, usa jaqueta jeans e tem um diário.  Parece que não foi tão bem sucedido aos olhos dos outros personagens masContinuar lendo “VOCÊ É O TIPO DE PESSOA QUE A GENTE LÊ”

ROUBE GARRAFAS DE LICOR E BEIJE ESTRANHOS NO OUTRO LADO DO PLANETA

Na moral?  A vida é curta demais para não roubar garrafas de licor e beijar garotos com nomes impronunciáveis, quando se está do outro lado do mundo. Se você me disser que estou errada ou me julgar com a sua cara feia, digo apenas:  Você não faz ideias da ternura de um nome estrangeiro testandoContinuar lendo “ROUBE GARRAFAS DE LICOR E BEIJE ESTRANHOS NO OUTRO LADO DO PLANETA”

ESTOU INDO EMBORA

Desculpa, mas eu tô indo embora.  Já falei por vezes demais essa frase, que agora, as palavras saem da minha boca de maneira tão natural, que o meu coração nem sente o efeito.  Fica tudo no peso do seu.   Já tô com as passagens na mão, mala na porta, minha mãe chorando à dias eContinuar lendo “ESTOU INDO EMBORA”

O CASAL DA SAINT GERMAN

Se conheceram jovens. Deviam estar em um baile repleto de sorrisos largos, olhares longos, saias rodadas e música alta. Um ambiente que escondia rostos com fumaça de cigarro e brumas da noite.  Ele deve ter a visto dançando entre as amigas, rodopiando com seu vestido azul, sorrindo como se não houvesse amanhã. Ah, ele desejouContinuar lendo “O CASAL DA SAINT GERMAN”

BORA VER NO QUE DÁ?

Eu sei que a primeira impressão que você tem de mim não é a melhor. Sei também que por mensagem eu pareço meio sem graça, mas se você me der uma chance, em um encontro casual posso compensar cada falha mal acabada.  Juro que me esforço para causar uma boa impressão. Prometo trazer umas boasContinuar lendo “BORA VER NO QUE DÁ?”